Justiça nega pedido de Prefeito para arquivamento de CPI

A 2ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, por seu Juiz Dr. Marcos Alves de Andrade, negou no último dia 17 de outubro o pedido de liminar impetrado pelo prefeito municipal, Denilson Alberto da Cruz, no qual solicitava, através do Mandado de Segurança nº 0056.14.021212-9, suspensão dos trabalhos da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Câmara Municipal, que investiga irregularidades na administração do Município de Ressaquinha.

Clique aqui e veja o andamento completo do processo diretamente no site do TJMG.

 

voltar para Notícias

left fwR tsY normalcase bsd b01s c10se show|left tsN show center fwB|show fwR tsY c15n left|c10||image-wrap|login news tsN tsY b01 fwB bsd|normalcase fsN b01 fwB bsd|normalcase b01 fwB bsd|login news normalcase fwR b01 bsd|tsN normalcase b01 fwB bsd|b01 normalcase fwB bsd|content-inner||